terça-feira, 31 de março de 2015

Vida da língua russa em março de 2015


  • A cantora inglesa Sarah Brightman está aprendendo russo: em setembro de 2015 ela vai viajar na nave espacial russa Soyuz para visitar a Estação Espacial Internacional (e pretende cantar lá mesmo. Pode ser, essa mulher corajosa vai cantar em russo);
  • na república Sakha (é uma grande parte da Rússia, sabe?) há falta de intérpretes simultâneos da língua iacuta para a língua russa (a república tem dois idiomas oficiais, mas não é tão fácil traduzir as coisas de um dos idiomas para o outro);
  • em Tbilisi começou a funcionar curso gratuito da língua russa para as pessoas de 20 a 30 anos. Hoje em dia os jovens georgianos falam inglês melhor que russo, apesar de ótimo conhecimento de russo pelas gerações mais velhas, que o estudavam ainda nas escolas soviéticas. Quem frequentou a escola nos tempos de Saakashvili (na década passada), já poderia ver uma grande invasão dos professores de inglês na Geórgia, convidados dos EUA, da Grã Bretanha etc. por esse presidente (provavelmente seguindo a exemplo de Lee Kuan Yew que fez inglês em Singapura o idioma incrivelmente importante; foi uma das medidas que causou milagre econômico nesse país). O idioma russo agora está considerado na Geórgia como idioma diplomático para os países da ex-URSS;
  • Egemberdí Iermatov, presidente da Comissão Nacional da Língua Oficial do Quirguistão, afirmou que é preciso privar o idioma russo do seu status de língua oficial do país. Os apoiantes da iniciativa acham que esse status do idioma russo impede ao desenvolvimento do idioma quirguiz que também é oficial lá.